Últimos artigos

Orações à hora das refeições da família




Escrevi as seguintes orações para usarmos nos horários de refeições em nossa família. Há uma oração longa e uma oração breve para cada uma das refeições diárias. As três orações longas têm sido de grande valor para nossa família durante muitos anos, e todos os nossos filhos conhecem de coração estas orações, de modo que são capazes de recitá-las juntos, sem as palavras escritas.


Por exemplo, em agosto de 2001, quando Benjamim, nosso segundo filho mais velho, casou-se no Brasil, pediram-me que orasse em uma grande reunião familiar, em Fortaleza. Em vez de orar em minhas próprias palavras, disse: “Acho que gostaria de pedir a meus filhos (Karsten, Benjamim, Abraham, Barnabas, Talitha) que fizessem comigo e com minha esposa a oração que usamos durante os anos de crescimento deles”. Então, recitamos aquela oração, de memória. As pessoas sentiram-se tão comovidas pelo fato de que nossa família pôde recitar a oração em uníssono, sem ensaiar, que me pediu recitasse de novo, lentamente, aquela oração, para que eles a traduzissem, frase por frase, para o português. Isso foi um maravilhoso testemunho de Cristo para todas as pessoas que ali estavam.
Por isso, apresento-as aqui, não com a expectativa de que serão usadas, e sim com a expectativa de que elas despertarão sérias reflexões a respeito daquilo que realmente queremos que Deus faça nas horas de refeição,  e que nos façam pensar sobre aquilo pelo qual somos verdadeiramente gratos.
Refeição matinal 
(breve)
Senhor Jesus, obrigado por este dia,
Pela noite de descanso,
Por esta refeição e pela maneira
Como sempre somos abençoados.

(Longa)
Nosso Pai, todos os dias nos dás
A comida com a qual nosso corpo sobrevive.
Por isso, agradecemos a Ti, de coração,
E rogamos que, no começo deste dia,
Permitas que nossos olhos vejam
Tua infinita generosidade
E que, estando assim satisfeitos,
Façamos somente aquilo que Tu desejas.

Refeição do meio-dia
(breve)
Senhor Jesus, obrigado por estes dons
E pelo que cada um deles revela.
Obrigado por tua benignidade que eleva
Nosso coração a louvores do meio-dia.

(Longa)
Pai, somos gratos por esta hora
Para sentarmos e extrairmos do teu poder
Demonstrado na chuva e no sol.
E derramado em cada grão de cereal.
Que esta refeição, produzida por Ti
E colocada graciosamente diante de nós,
Restaure nossa força nas próximas horas,
Para que sejas o senhor de todo o nosso poder.

Refeição vespertina
(breve)
Senhor Jesus, vem à nossa refeição
E abençoa para nós este alimento.
Onde a fé é fraca, revela, Senhor querido,
Que tudo que nos dás é bom.

(Longa)
Pai, quão fiel é o teu cuidado!
De novo e como sempre, eis a comida!
Novamente, tens colocado diante de nós
Uma refeição, e rogamos que signifique mais
Do que apenas pessoas supridas de alimento.
Senhor, faze que tenhamos disposição amável
E, enquanto renovas o nosso corpo,
Vem e alimenta também nossa união.



Extraído de: Penetrado pela Palavra
John Piper
http://arquivocristao.blogspot.com/