Últimos artigos

Assistir décimo sexto (16º) episódio da minisserie Rei Davi da Record - Assistir décimo sexto capitulo (15/03/2012)

Assista ao 16º episódio da Minissérie Rei Davi da Rede Record exibido na terça-feira, 15/03/2012.
16º décimo sexto episódio novela Rei Davi Record Minissérie novela download baixar assistir online baixar episódios episódio de ontem ver



Clique aqui para assistir todos episódios da Minissérie Rei Davi.

Veja o resumo do 16º episódio da Minissérie Rei Davi:
Quinta-feira, 15/03/2012 - capítulo 16

Davi começa a reinar sobre a cidade de Judá

Abner chama Davi de impostor. Ele diz que por direito, o trono pertence a Esbaal. Aitofel e Joabe defendem Davi, que não diz nada porque não quer lutar pelo trono. Ele confia na vontade de Deus. A multidão fica divida. Aquis interroga Itai para saber o paradeiro de Davi. O ferreiro mente e o rei fica furioso ao saber que Davi levou consigo parte do armamento filisteu. Ele teme que o hebreu fortaleça seu exército. Davi surpreende todos e entrega a coroa de Saul para Esbaal.

Mical corre até Davi e diz que ele precisa dela para reunir as tribos de Israel. Paltiel chega e segura pelo braço. Davi assente com a cabeça e sai. Sozinho com seus homens, ele pede que ninguém faça mal a Esbaal. Um ancião líder de Judá pede para conversar a sós com Davi. Bate-Seba toma coragem e diz a Urias que ele se afasta demais após as batalhas. Ele diz ser um guerreiro de Davi. O Ancião diz que não aceita a decisão de Abner e pede que Davi reine sobre a tribo de Judá.

Ele aceita, humilde. Abner, Paltiel e Esbaal descobrem sobre Judá e ficam preocupados, pois essa é uma das tribos mais importantes. Mesmo contra a vontade de Davi, os reinos de Judá e Israel lutam entre si. Davi agora tem nove esposas e Amnon, seu primeiro filho, nasce. Depois nascem Absalão e Tamar, filhos de Maaca. Com o tempo, o reino de Davi prospera enquanto a casa de Saul enfraquece. Esbaal não tem uma postura de rei e costuma beber muito nas festas.

Os anciões começam a se revoltar e se retiram de uma festa em que Esbaal está bêbado demais. Alguns soldados também se revoltam e deixam a festa. Abner não se conforma e deixa o rei agarrando suas servas. Davi aumenta seu apoio entre as tribos de Israel. Urias e Aitofel conspiram para tentar tirar Esbaal do trono. Mefibosete pede esmola na rua e é roubado. Tirsa corre atrás do ladrão e para sua surpresa, é Ziba, que também se surpreende. A mando de Aitofel, Eliã vai conversar com Abner, que está irritado com sua presença. Ele tenta convencer Abner de que é mais interessante estar ao lado de Davi.

Abner não admite, mas os argumentos de Eliã são fortes. Mical tenta abrir os olhos de Esbaal sobre Abner e pede que ele ceda o trono a Davi. Ela conta sobre o caso do general com Rispa. Tirsa faz com que Ziba devolva o que roubou de Mefibosete. Ziba se surpreende quando descobre que o mendigo era o neto de Saul. Tirsa conta que prometeu cuidar do menino como se fosse seu. Ziba conclui que Tirsa tem usado sua beleza para sobreviver. Tirsa não nega e ele se oferece para marcar encontros com homens de posses. Esbaal flagra Abner com Rispa. Ele questiona Abner que explode e intimida Esbaal.

Abner diz que Davi é o ungido de Deus e afirma que vai ajudá-lo. Paltiel insiste em se aproximar de Mical, que o rejeita. Um mensageiro diz a Davi que Abner aceita ajudá-lo e propõe uma aliança. Ele diz que só aceitará a aliança se devolverem sua esposa Mical. O general entende os planos de Davi, que só pediu a filha de Saul de volta por motivos políticos.

Abner pede que dois de seus homens, Baaná e Recabe, matem o rei Esbaal. Tirsa se prostitui com a ajuda de Ziba. Mical fica satisfeita e Paltiel se convence de que não há nada que possa ser feito. Joabe não confia em Abner e afirma que poderá matá-lo se for necessário. Itai chega ferido ao acampamento de Davi. Mical também chega ao acampamento e cumprimenta Davi com um tapa no rosto.