Últimos artigos

Assistir vigésimo-sexto (26º) episódio da minisserie Rei Davi da Record - Assistir vigésimo-sexto capitulo (19/04/2012)

Assista ao 26º episódio da Minissérie Rei Davi da Rede Record exibido na quinta-feira, 19/04/2012.
26º vigésimo-sexto episódio novela Rei Davi Record Minissérie novela download baixar assistir online baixar episódios episódio de ontem ver



Clique aqui para assistir todos episódios da Minissérie Rei Davi.

Veja o resumo do 26º episódio da Minissérie Rei Davi:
Quinta-feira, 19/04/2012 - capítulo 26

Tamar é estuprada por Amnon

Bate-Seba ajuda Tirsa a cortar o restante de seus cabelos. Tamar se desespera enquanto Amnon tenta dominá-la. Ela ainda tenta argumentar, mas o primogênito de Davi não dá ouvidos. Bate-Seba ouve o grito de Tamar e se assusta. Amnon consegue dominar a meia-irmã.

Natã sente que uma tragédia está por vir. Preocupada, Bate-Seba diz a Davi que ouviu alguns gritos que achou serem de Tamar. O rei a tranquiliza, dizendo que a filha está com Amnon.

Após o estupro, Tamar chora arrasada, enquanto Amnon é tomado de repulsa pela irmã. Ela começa a questionar, mas o primogênito de Davi se irrita e a ofende. Ele pega Tamar pelo braço e a expulsa do quarto. E

la caminha pelos corredores, desnorteada, e rasga sua túnica talar, usada pelas filhas virgens do rei. Doída, ela clama pela piedade divina quando Absalão se assusta ao ver o estado da irmã e pergunta o que aconteceu. Chorando muito, ela conta que foi estuprada por Amnon.

Absalão fica dominado pelo ódio. Ele vai até o quarto, mas não encontra o irmão mais velho. Davi e Bate-Seba ficam chocados diante do relato de Tamar e Absalão, que exige a morte de Amnon.

Jonadabe reprova a atitude de Amnon. Guardas se aproximam e o levam até Davi. Diante do pai, Absalão se descontrola e afirma que Amnon deve morrer. O rei pede que guardas levem o rapaz até o quarto.

Davi desfere um tapa no rosto de Amnon. O rapaz tenta se defender, jogando a culpa para Tamar. Davi parte para cima do filho e o segura pelas vestes, furioso. Amnon se assusta e o soberano de Israel afirma que não ouvirá mais desculpas. Ele solta o filho, que tenta se justificar.

Amnon, que estava apreensivo, mas não o suficiente para a gravidade da situação, começa a ficar receoso. Ele afirma que está arrependido, mas Davi revela que ordenará sua morte.

Amnon decide enfrentar, afirmando que o pai sabe julgar o filho, mas não sabe julgar a si mesmo. Ele fala das histórias que cresceu ouvindo sobre Bate-Seba e a morte de Urias. Davi dá mais um tapa no rosto do filho e chama os guardas.

Desesperado, Amnon decide fazer chantagem emocional. Ele clama pela misericórdia do pai e pede uma segunda chance de recomeçar. O rei decide bani-lo do palácio, além de privá-lo de todos os privilégios como filho do soberano de Israel. Davi afirma que os guardas o levarão para o campo, onde cuidará de ovelhas para sobreviver.

Depois que Amnon sai, Davi desaba. Bate-Seba conta a Husai que Tamar foi violentada pelo meio-irmão. Amnon diz a Jonadabe que logo terá o perdão do pai. Absalão se revolta com Davi ao saber que mais uma vez Amnon foi protegido.

Aitofel, que estava presente na sala, registra a discussão de pai e filho e começa a tramar. Husai impede o suicídio de Tamar. Ela tenta resistir, mas acaba cedendo ao abraço do amigo. Aitofel diz a Absalão que ele deve governar no lugar de Davi.

Mical se emociona ao ver Mefibosete comendo quieto, sozinho. O filho de Jonatas percebe que alguém o observa e Mical disfarça. Ela faz questão de humilhá-lo mais uma vez e sai, altiva.

Raquel se aproxima e diz a Mefibosete que ele deve parar de se lamentar por tudo. Aitofel diz a Absalão que o primeiro passo para se tornar rei é matar Amnon. Joabe se aproxima de Tirsa e afirma que a admira muito.

Natã diz a Davi que mais um erro foi cometido. Segundo as leis, Amnon deveria ter sido morto, porém, o rei decidiu poupá-lo. Após algum tempo, uma grande festa acontecerá em Jerusalém. Absalão pede que Amnon seja chamado.

Iludido, Davi acredita que os irmãos se tornarão amigos. Durante a comemoração, Amnon se aproxima de Absalão. O filho mais velho de Davi fica receoso, mas Absalão afirma que não existem mais ressentimentos. Sozinho com a irmã, ele confessa que vai matar Amnon.